Logo-2

 

O Concurso SA SPRINT é uma competição de radioamadores que tem como objetivo incentivar o desenvolvimento de habilidades operacionais de seus participantes, bem como proporcionarr um evento divertido evitando frequências fixas dos concorrentes durante todo o teste. Para fazer isso, deve se tomar como ponto de partida as regras do NA Sprint, uma longa tradição no norte do continente, de acordo com seus criadores, é uma das competições amadoras mais empolgantes.

 

A SA SRINT é um esforço conjunto de vários clubes e grupos de radioamadores na América do Sul. 

 

I – Participantes: Radioamadores de todo o mundo.

II – Objetivo: Fazer contatos com o maior número de participantes possível de acordo com as regras do concurso.

III – Categorias: A competição será realizada nas bandas de 20, 40 metros conforme abaixo. O competidor a sua escolha poderá participar em uma so banda, porem os resultados serão publicados de acordo com as seguintes categorias:

  • Operador Único CW
  • Operador Único SSB
  • Operador Mono misto
  • Noviço
  • YL
  • Multi Operador *

* Multi operador inclui a participação de vários membros na mesma estação, usando o mesmo indicativo, mas o método de operação é o mesmo que para os operadores mono, ou seja, não são permitidos sinais simultâneos mesmo que em bandas diferentes.

 

IV – Data: sábado, Julio 22, 2017

 

V – Bandas: Em 40 e 20 metros dentro dos segmentos de frequência sugeridos:

  • 20 metros CW: 14.020-14.075 KHz KHz
  • 20 metros SSB: 14120-14190 KHz KHz
  • 40 metros CW: 7010 kHz e 7050 kHz
  • 40 metros SSB: 7100 kHz e 7200 kHz

 

VI – Horas -: para ambos os modos e bandas de programação é das 20:00h às 24:00h UTC

 

VII – QSO / QSY: Uma vez que esta é uma competição em modo sprint, deve-se observar o modo de QSO / QSY.

  • Aquele que chamar CQ em uma frequência deve, após fazer 1 QSO, fazer QSY de pelo menos 1 kHz para responder à CQ chamada de outra estação ou pelo menos 3 KHz para chamar novamente CQ
  • Quem atende o CQ de outra estação, após a conclusão do QSO pode chamar CQ em tal frequência e completar um QSO adicional, após o qual, deve observar a mudança para outra frequência de acordo com o dito acima
  • Não há limites para a troca de modo ou banda, mas não pode haver mais do que um sinal transmitido ao mesmo tempo

VIII – Potência: A potência máxima permitida para este concurso é de 100 Watts RF medida na saída da última etapa da amplificação para estações baixa potência. Mais de 100 Watts para estações alta potência.

 

IX   – Pontos: 1 ponto para cada QSO válido. Cada estação pode ser trabalhada uma vez em cada banda e modo.

 

X    – Multiplicadores: Dois tipos de multiplicadores

a) Prefixos de estações Sul-americanas trabalhadas. Serão contados apenas uma vez, independentemente da banda e modo.

b) Países do DXCC. Também serão contados apenas uma vez, independentemente da banda e modo.

 

XI   – Resultado Final: Total de pontos de QSO pela soma de multiplicadores.

Exemplo 100 QSO (100 Pontos) x (35 prefixos + 50 países) = 100 x 85 = 8500

 

XII – Reportagem: sinais RS (T) + Número de série consecutiva começando com 001. O número de série é único e consecutivo por contato, independentemente do modo ou banda

 

XIII – Contatos válidos: Contatos serão válidados se:

  • Os horários dos contatos coincidirem(com uma margem de ± 3 minutos)
  • Coincidirem as frequências de ± 1 kHz
  • O indicativo do contato tenha sido copiado e gravado no log corretamente
  • A reportagem recebida – RS (T) – tenha sido copiada e gravada no log corretamente
  • O número de série recebido tenha sido copiado e gravado no log corretamente
  • Para que uma estação seja válida para fins de cálculo do resultado deve aparecer em pelo menos 2(dois) dos logs recebidos.

XIV – Logs: Os logs devem registrar as seguintes informações.

  • Hora UTC de cada contato em formato de quatro dígitos. Exemplo: 2030
  • Frequência de cada formato de QSO de quatro ou cinco dígitos como a banda. exemplo 7040,14040,etc
  • Indicativo completo de cada QSO realizado
  • Reportagem RST enviados em CW e SSB número de série última em formato de três
  • Modo (RST) recebido em CW e SSB
  • Número de série recebido, com três dígitos. Exemplo: 005

 

Formato dos Logs: Os logs devem ser apresentados em formato padrão de Cabrillo. O mesmo é gerado por todos softwares usados em concursos. Exemplo: N1MM Logger, Win-test, AA, EI5DI, etc. Oarquivo de modelo Cabrillo é compatível com os concursos CQ WPX. Pode ser visualizada em http://sa-sprint.com/cabrillo/ O suporte total para o SA-Sprint foi fornecido pelos seguintes programas em competições de gestão: Veja a lista aqui

 

Se o seu software não produz um arquivo Cabrillo ou se você não usar um software de log, você pode usar a ferramenta para digitação disponíveis on-line http://www.b4h.net/cabforms/wpxcw_cab3.php

Alternativamente, você pode usar qualquer outro conversor que gera um arquivo Cabrillo compatível com a especificação para o concurso WPX.

QSO data of our Cabrillo specification

                               --------info sent------- -------info rcvd--------
QSO: freq  mo date       time call          rst exch   call          rst exch   
QSO: ***** ** yyyy-mm-dd nnnn ************* nnn ****** ************* nnn ****** 
QSO:  3799 PH 1999-03-06 0711 HC8N          59  001    W1AW          59  001    
00000000011111111112222222222333333333344444444445555555555666666666677777777778
12345678901234567890123456789012345678901234567890123456789012345678901234567890

Column 81 is not used since there is no M2 category in our contest.

XV – Envio de logs: Estes devem ser validados e enviados a partir de nosso site, na página para esse fim: http://sa-sprint.com/submit-log/

XVI – O prazo para o envio dos logs é a sexta feira seguinte à data de conclusão de cada edição .

Para a edição de Julho 2016: Sexta-feira 28 de Julio de 2017.

XVII – Certificados: serão emitidas sob a forma digital e disponibilizados via Web para todos os participantes.

XVIII – Prêmios: prêmios adicionais (Disponível de acordo com patrocínio).

XIX – Concurso para clubes e grupos: A pontuação para clubes e grupos é a soma dos pontos apresentados pelos seus membros.

  • Liste o clube / grupo que deseja adicionar pontos em sua seção do arquivo CLUB Cabrillo.
  • Verifique o nome padrão do seu clube ou grupo na lista Clubs

Não há restrições de distancia e a adesão de clube normalmente não é limitada por esse parâmetro. No entanto, não participarão na competição para clubes os grupos ou associações de caracter nacional por exemplo JARL, ARRL, DARC, URE, REF, RCA, RCC, RCU, LABRE, etc.

FacebookTwitterGoogle+Compartir